Ser maior que esse mar que avança sobre mim

Ai ai…

Incrível como me sinto sem fôlego como se uma onda forte me levasse bem ao fundo.

Foi uma semana tão intensa, mas com tantas realizações boas e aprendizagem. É por aí que costuma passar minha motivação.

Meu filho varão chegou de além-mar. Não o via há tanto tempo… Tenho matado um pouco da saudade.

Teve ainda o passeio de despedida das crianças da Escola Sai. Tudo perfeito! Em poucas horas alguns de meus melhores amigos, como se soubessem há anos da urgência e importância da atividade para àquelas crianças, disseram presente. Não precisei forçar nenhuma barra. Expliquei o objetivo e perguntei se gostariam de participar. Cada um despiu sua beleza do jeito que pode. Foi sensacional. Fiquei emocionada com isso. Ailóviu Lú, Roberto Salvador, minha mana, tia Vanile, Gratiela, Grace, Rosangela e Helena.

Foi tudo corrido, numa época que ainda me sentia tão frágil para tanta responsabilidade. Mas nada a me queixar. Saiu tudo perfeito. O dinheiro chegou. A chuva parou em todos os momentos que precisava ceder. .

Entretanto algo foi fantástico. Na véspera estava recapitulando todas as tarefas e pensei que deveria ter tido tempo de ter contatado gente para voluntariar-se e em cada parada nossa aparecesse e apresentasse algo que tivesse de melhor para as crianças. Combinei só com minha filha, mas a chuva e suas responsabilidades impediram. Lamentei, mas acabei aceitando meus limites.

Pois assim que chegamos no Mirante do Leblon apareceu um anjo voando do céu, um presente fantástico… Eu assistia ao espetáculo e me emocionava de forma irremediável. Ele fazia exatamente do jeitinho que eu imaginara. As crianças encantadas retribuíam. Tudo aconteceu ao vivo e à cores, bem na minha frente, uma aula de fé na vida. Um presente do grande Mestre e educador. Como é poderoso o meu querer. Saiba bem o que quer Dona Luinha…

Mas ontem à noite fui pega de sobressalto. Um cansaço enorme me tomava de assalto e um nó na garganta vinha e ia de vez em quando. Vi minha plantinha seca sem vida.  Criei com ela uma responsabilidade deliciosa. Agora sentirei muito a sua falta.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s