Arquivo do mês: março 2008

Desembarcando de nós mesmos…

Para nós, que estamos num árduo e oportuno caminho da reinvenção pessoal, sugiro a leitura incansável dos Quartos de Badulaques de Rubem Alves. Espetacular! Vez por outra visito sua casa para deliciar-me com prazer de tantos alimentos deliciosos. http://www.rubemalves.com.br/quartodebadulaques.htm Fiz … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Chega de Saudades

Dia especial hoje. Estive em um lugar paradisíaco com uma vista privilegiada de minha cidade maravilhosa no meio de dezenas de coroas enxutos. Assistia ao seminário Amazônia Cobiçada e Ameaçada produzido pelo Centro Brasileiro de Assuntos Estratégicos. O local é … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Reabrindo as janelas da vida

Paulinho da Viola nos enche de frescor com esses belos versos. ai ai… Luinha CantoPra dizer que no meu coraçãoJá não mais se agitam as ondas de uma paixãoEle não é mais abrigo de amores perdidosÉ um lago mais tranqüiloOnde … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Fruta Mulher

Sinto-me fascinada com o cheiro do maracujá em minhas mãos. Estou reintroduzindo aos poucos frutas em minha alimentação. Serei parcimoniosa com as porções. Hoje comi melão. Amanhã tomarei meio copo de maracujá. Depois comerei uma ameixa. Ando doida para comer … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Para onde estamos fugindo?

Desejando boas reflexões… e contando que sinto muitas saudades… Beijos Luinha Uma das característica principais do atual  momento é a aceleração do tempo. O espaço terrestre praticamente o conquistamos. Mas o tempo continua sendo o grande desafio: poderemos dominá-lo? A … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Plano estratégico

Ontem estive conversando até altas horas com um amigo virtual. Interessante que ele sempre diz que sou cheia de vida. Sou sim. E assertiva. Perfeito! Ele tem perspicácia.    Ora em relação à vida, que bobagem… é uma condição de … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

E o outono chegou

O Rio amanheceu cantando porque o outono chegou. Inúmeras vezes tenho escrito como essa bela estação me seduz. Muda tudo. O tom de azul do céu fica estonteante. Os astros se dispões de forma perfeita. Ai ai… a lua, uau… … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário