Arquivo do mês: agosto 2007

A verdade

Quantas coisas para serem ditas nesses últimos dias. Foi uma semana de muita aprendizagem. Constatei como ninguém o dito de que na vida, quando dizemos sim para uma coisa, dizemos não ao menos a uma outra. Isto é certo. Consignei … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Mas há a vida

Mas há a vida Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata.(Clarice Lispector) Ando enroscada até a alma com ensinamentos de … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Prontos para o espetáculo, Sabiá.

Dou um sorriso gostoso lembrando dos chuviscos na horta de meu netinho lá no interior paulista. Recordo minhas estripulias aos 16 anos. Como era segura de minhas convicções nessa fase da vida. Hoje só sei que nada sei. Continuo por … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Jeito doce, sorriso nos lábios e língua queimada

Hoje acordei mais tarde com um jeito doce e um sorriso nos lábios. Queimei a língua com o café quente espiando o jornal, que continua com a série de denúncias do regime autocrático instituído nas favelas cariocas. Realmente é intolerável … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O Ipê Chorão e a arte de Du Zuppani

Há cerca de um mês voltei a freqüentar o meu bairro com maior regularidade. Está cada vez mais lindo e agradável. Na sexta, quando ia para o trabalho descendo pela saída da Glória, brequei o carro intempestivamente, logo após aquela … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Anjos do sol

Hoje acordei com os passarinhos cantando insistentemente. Lembrei-me das manhãs ensolaradas de minha infância no início na década de 60. Ficava ao lado da enorme radio-vitrola envolta com as várias coleções de vinis da família. Adorava ficar assim esparramada, deitada … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Che tremano d´amore

Ai ai… ainda por aqui embalada com o strip musicado em meu space. Adoro aquele jeito maroto de falar de amor. Qualquer dia desses irei por lá tomar café com ele e a comadre. Trocar uns bons papos e rir … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário