Tu me acostumbraste

Acabei de escrever sobre os cheiros nossos e percebo que precisarei voltar ao tema mais adiante, faltou tanta coisa.

Ouço aqui Tu me Acostumbraste, numa interpretação fantástica de Marco Aurélio, adquiri de uma idosa mui querida a bela versão do bolero. Sempre fico mexida com o peso de sua poética melodia. Imediatamente lembro que a amiga Ceci nos alertava sobre a covardia dos homens que nos provocam o amor. Ouvindo a bela canção senti uma enorme vontade de comentar sobre a situação. Não quero emitir qualquer julgamento de valor sobre responsabilidades ou fragilidades, mas sem dúvida alguma uma vivência de amor é tudo de bom. Se a vida é um processo a se renovar a cada momento de motivos e razões, viver com o coração em ação é uma prática muita saudável.

 

Tú me acostumbraste

Composição: Frank Domínguez – 1957

Tú me acostumbraste
A todas esas cosas
Y tú me enseñaste
Que son maravillosas
Sutil, llegaste a mi
Como la tentación
Llenando de inquietud
Mi corazón

Yo no concebía
Como se quería
En tu mundo raro
Y por ti aprendí
Por eso me pregunto
Al ver que me olvidaste
Por que no me enseñaste
Como se vive sin t

Precisamos aprender a digerir de forma mais produtiva a tal da saudade. Ai ai…

Salve, o amor.

Beijinhos

Luinha

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Tu me acostumbraste

  1. Eliana disse:

    Pois é kerida amiga,precisamos acostumar a viver emoções, sem nunca deixar q elas nos façam "deitar".Pensando bem, a net é perita em nos ensinar issu.Meu julgamento ao dizer q é corvadia, parte de experiência vivida, sofrida, mas deixada pra trás…Estou preocupada, ando muito simplista qto ao "amor"…hehehehehe
    Lu, jah te disse issu, e volto a repetir, vc é uma pessoa muito kerida, me honra ser tua amiga…
    Te desejo mais uma vez, um 2007, deliciosamente feliz!
    beijos doce!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s