Colcha de retalho

Acabo de assistir ao primeiro filme da leva que selecionei para esses dias de despedida do ano que se vai. Sensacional, recomendo para todos. De forma extremamente delicada e inteligente a fita expõe dúvidas, medos, dramas que envolvem a vida e as relações amorosas. Atemporal nos estimula a reflexão sobre o que é essencial, o amor. Sem clichês e julgamentos  vai tocando aqui e ali a essência da mulher. Lembrei-me muito das histórias de Clarissa P. Estes em Mulheres que Correm com Lobos. Tive uma enorme vontade de recomendá-lo para minha filha. Combinarei uma ida a Prefácio para podermos discutir o filme. Ela acaba de me ligar para contar que queimou-se demais na praia. Sabia que eu iria reclamar se estivesse perto. Ela contou-me que já assistiu ao filme.  Reclamei o descaso pela falta de recomendação. Ela me disse que foi na aula de inglês, no tempo que estudava no CEAT. Aceitou de mediato o convite para um papo sobre o tema.

Beijinhos

Luinha

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s