Diante do impossível, o humano possível

Estamos ilhados e inseguros aqui na região metropolitana do Rio. Ônibus estão sendo queimados com gente dentro, instituições sendo metralhadas, “bondes” de bandidos saindo pelas ruas atirando a esmo. Trabalhadores humildes que vêm cumprir sua mais sagrada obrigação expostos à dor, o sofrimento e irresponsabilidade. Por um equívoco de visão financiamos com nossos impostos e muita omissão esse poderoso e nojento poder. Alimentam-se as feras para que mantenham a aparência de cordeiro.

Cariocas e fluminenses que moram em várias comunidades de favela sabem perfeitamente o que é a ruptura da ordem e das instituições. Fora a tirania e a opressão! É uma covardia e não devemos nos conformar. É hora de lutar para se tomar as rédeas e garantir a democracia. Não podemos sucumbir a esse sórdido jogo e pressão.  A guerra que ouvimos diariamente, agora bem perto, extrapola seus muros e pressiona a cidade. É um momento de união e solidariedade. Precisaremos encarar de frente a dor e frustrações que o combate ao crime nos impõe. 

Lembrei-me que outro dia uma mãe, convicta de que perderá mais um filho para essa guerra nojenta, contou-me que ele, agora com 14 anos, lhe dissera: -“Mãe, eu não tenho mais motivos para viver.” Ela sentia-se impotente. Expliquei-lhe que ela só poderia dar-lhe o exemplo.

Assim inspirada desejo aos amigos, o humano possível, uma existência repleta de motivação. É difícil, mas se perdemos a capacidade de sentir o amor e enxergarmos a beleza, não haverá vida.

"Embora a seca seque  fontes e  rios
E os campos fiquem esturricados,
E o gado morra de sede e fome,
E as queimadas devorem os pastos
E os machados transformem florestas verdes em desertos áridos,
E os palácios estejam cheios de corruptos –
A despeito disso minha alegria continuará a florir
E farei poemas diante do Impossível." (Habacuque 3:17-18. Paráfrase). "

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s