Arquivo do mês: novembro 2006

Afinando o ouvido em meio a tormenta.

Hoje acordei assustada, mesmo com medo. Depois do feijão com arroz  percebi que precisava intervir para poder sorrir novamente. Tenho alguma consciência de minha responsabilidade. Afinei bem os ouvidos e notei que os passarinhos insistem em cantar, mesmo na eminência … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Procura-se Passarinho verde

Hoje pelas madrugadas li a crônica do Juremir Machado da Silva, professor gaúcho que afinal viu  passarinho verde. Viva! Fiquei assanhada para ver que bicho vai dar. Confesso que não vi a famigerada ave que mexeu de forma acintosa com … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Agora eu não sei mais

O tempo no Rio virou completamente, ainda bem, estava insuportável o calor. Temos um dia lusco-fusco, nublado com uma chuvinha eventual, mas avisto o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar da janela. Fico encantada, nunca me canso de apreciar … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Cisnes selvagens

Fazia tempo que não andava por aqui assim à vontade. Tem sido tudo tão corrido. Mudanças, mudanças, mudanças…  fora isto, uma enorme saudade.  Acordei cedinho e vim espiar a crônica de Juremir Machado da Silva, nunca perco. Uma deliciosa viagem … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Festejos

Bom dia Uma rapidinha aqui para contar que fora as mazelas da idade, passei a manhã na emergência de um hospital dodói, tive um  aniversário muito feliz. Recebi visitas muito especiais. Uma semana de comemorações aberta com muito carinho.  Só … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Inferno Astral

Quando eu estou aqui vivendo este momento lindo… Creio que a música de Roberto Carlos encanta a qualquer um de nós que estamos no final do inferno astral, a beira de completar 50 bons anos de vida. Sim, são tantas … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O fim e o princípio

Hoje acordei cedo e fui logo assistindo um documentário "O fim e o princípio" de Eduardo Coutinho, que o jovem músico Arthus trouxe ontem. A fita mostra com enorme competência a vida privada do povo do sertão da Paraíba.  Lembrou-me … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário