Vida ou morte

Atenta aos ensinamentos de A louca da Casa de Rosa Montelo fico vagando com a louca fascinante e por vezes furiosa que mora aqui no sótão. Só dando asas aqueles 25% que explicava ao Gangster ontem lá naquele mundo da alegria e imaginação, cheio de excessos e deslumbrante caos, que  volto a sonhar satisfatoriamente. Como Rosa, desde pequena tenho a mania de pisar e repisar num território profundo e movediço que está além das palavras, o pântano lamacento onde baubo arrasta os  ossos.  Vago por ali com os sentidos aguçados.  “Há um momento que  a viagem se torna um pesadelo”  esta frase que conduziu Montelo a obsessão necessária à produção de mais um de seus livros, sacode-me ferozmente,  doma minha razão e  vontade. Passo observar a dança das imagens em memória, repletas de medo dos horrores da vida, do confronto da vida com a morte. Tantas conexões… Vejo os pequenos jovens miseráveis, que sabem que já não há mais tempo nem coragem. Há muito que entendo o ciclo  vida-morte-vida como vontade. Torna-se assustadora a compreensão de poder e  responsabilidade.

Beijos

Luinha

   

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Vida ou morte

  1. Matteo disse:

    HI!
    I\’ve been in your space from Italy…
    If you want it visits my blog=)
    bye bye^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s